Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/12/19 às 12h16 - Atualizado em 9/12/19 às 12h26

Encerrada etapa de formação dos novos conselheiros tutelares do Distrito Federal

COMPARTILHAR

 

Os 600 candidatos eleitos – titulares e suplentes – para o cargo de conselheiro tutelar do Distrito Federal participaram, nesse sábado (7), da aula de encerramento do curso de formação, última etapa do processo de escolha, que incluiu ainda uma prova, apresentação de documentos para comprovação dos requisitos e a eleição. Todas as fases foram organizadas pelo Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA/DF), órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).

 

No total, foram realizadas quatro turmas para atender os candidatos, cada uma composta por 150 alunos, sendo que a primeira teve início no dia 11 de novembro e a última foi concluída no dia 5 de dezembro. O curso teve duração de 60 horas, distribuídas entre 40 aulas presenciais e 20 aulas a distância, e abordou aspectos relativos às atividades e funções do conselheiro tutelar. O conteúdo foi elaborado pelo CDCA com o apoio do MPDFT, MPT, Defensoria Pública, IBDFAM, juízes, advogados e servidores que atuam como instrutores.

 

Os novos conselheiros tomarão posse no dia 10 de janeiro e permanecerão no cargo até 2023. O Distrito Federal conta com 200 conselheiros titulares, além de 400 suplentes, que serão distribuídos nos 40 conselhos em funcionamento em todas as regiões administrativas. Esses órgãos são vinculados administrativamente à Sejus, responsável pelas políticas públicas voltadas à infância e adolescência.

 

Acesse as fotos no FLICKR